A AGRICULTURA

Todos os setores de produção e atividades de um país são de suma importância. Não podemos excluir nenhum.

Temos observado que há um que jamais poderia ser negligenciado. Referimo-nos à agricultura.

Os lavradores trabalham muito. Estão cansados com o trabalho não compensatório. Gastam mais do que ganham e, por isso têm que recorrer a empréstimos. Muitas vezes os atravessadores, que não fazem o trabalho pesado, não pagam direito.

Os custos do material jogado na terra para fazê-la produzir, é muito grande. Colheitas e mais colheitas se perdem por falta de chuva ou excesso.

Muitos agricultores estão desistindo de suas lavouras, por causa da falta de ajuda, por falta de incentivo.

Vocês já pensaram se começar a faltar alimentos?

Sem eles não sobreviveremos. É morte certa.

Conclamamos a todos os agricultores a deixarem de ser inocentes úteis e se unirem para uma causa comum: uma grande produção, com lucros viáveis.

Diz um velho ditado “que a união faz a força”. Busquemos, portanto, a união para ter a força.

Tão sofrida quanto a agricultura é a pecuária. Por isso deve buscar os mesmos caminhos que ela.

 

Maria Madalena Naufal

Anúncios