RECOMENDAÇÕES DO DR. BEZERRA

            Os vinte irmãos que se preparavam para trabalhar na Terra como médiuns, estavam reunidos no recinto do salão do Liceu da Mediunidade, aguardando a chegada de Bezerra de Menezes que ia lhes falar.

            Após uma grande concentração, o benfeitor já materializado, disse-lhes  em resumo:

            _ Filhos, se ansiais pelo êxito em vossos novos cometimentos na Terra, despojai-vos de todo e qualquer interesse de ordem pessoal. Recordai-vos da palavra do Mestre, instruindo os doze companheiros de apostolado nos primeiros dias do Evangelho: ‘Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios, de graça recebestes, de graça daí. Não vos provereis de ouro nem de prata, nem de cobre nos vossos cintos; nem de alforge para o caminho, nem de duas túnicas, nem de sandálias, nem de bordão, porque digno é o trabalhador do seu alimento’. Vigiai-vos em vossas inclinações infelizes, renovando-vos  através da abnegação a cada dia. Se esquecerdes de vós mesmos, se vos harmonizardes com a consciência, será grande a vossa probabilidade de êxito nas lutas indispensáveis à ascensão que pretendeis. Jamais contemporizeis com o que não for correto: a doutrina a qual ireis servir em vossa próxima romagem é bastante clara em seus postulados e a sua vivência não admite dupla interpretação. Aproximai-vos da caridade e garanti a vossa paz Estudai, aperfeiçoai-vos  e com o vosso exemplo nobre, defendereis o patrimônio da crença espírita. Esforçai-vos, quando retornardes ao corpo, para não vos esquecerdes da palavra empenhada. Não vos creais missionários, quando quase todos não passamos ainda de espíritos sob o esquema do pesado resgate de nossas faltas. Que o Senhor vos fortaleça e vos encoraje!

Maria Madalena Naufal

Anúncios