EXPERIÊNCIAS E FRASES DE MADRE TERESA DE CALCUTÁ

               Madre Teresa é sem dúvida um dos maiores vultos que a Terra conheceu. Para ela a maior ciência é o amor pelo ser humano. E isso ela soube dar em abundância.

Ela conta uma experiência que teve na sua cidade: fazia meses que não tinham açúcar. Um menino hindu , de apenas quatro anos foi até a sua casa e disse aos pais que não ia comer açúcar por três dias. Ia dá-lo a Madre Teresa. O que ele levou foi pouquinho, mas a Irmã achou o amor dele muito grande, pois não é quanto damos, mas sim quanto amor colocamos ao dar. O menino deu-nos uma extraordinária lição.

Conta-nos também Madre Teresa que ao receber o Prêmio Nobel, muitas pessoas fizeram doações de alimentos e roupas para os seus pobres. Mas uma das doações que mais a comoveu foi uma feita por um mendigo: ele lhe deu duas moedinhas que havia conseguido durante todo o dia. Ela aceitou as moedas sabendo que se ele não recebesse mais moedas aquele dia, ia dormir com fome. A expressão do rosto dele era de imensa alegria, paz e amor. Ela sabia que se não aceitasse a oferta iria magoá-lo muito. Sentiu também que aquelas duas moedas eram maiores do que o Prêmio Nobel que recebera, porque o pedinte deu tudo o que possuía com intensa ternura. O caso lembrou-me a passagem evangélica narrada por Jesus: O óbolo da viúva, que doou o pouco que tinha.

Outro caso destacado pela Madre é que certa feita segurou a mão de uma pessoa sentada na rua. Esta segurou a mão dela e disse que era a primeira vez em muitos anos que sentiu o calor de uma mão, um calor humano. Que nunca ia se esquecer disso.

Sobre Deus teceu considerações muito importantes: Onde está Deus? Sabemos que Deus está em todas as partes. Na profundeza de nossos corações todos temos esse desejo, essa chama ardente, esse desejo de amor a Deus. Mas: como podemos amar a Deus, a quem não vemos, se não o amamos nos outros a quem vemos?

Quando vocês veem uma pessoa na rua, quem é ela para vocês? Seu irmão? Sua irmã? A mesma mão amorosa que o criou, criou a todos.

Destaca a nossa querida Madre que em vários lugares há pessoas famintas de pão, mas no mundo inteiro encontramos pessoas famintas de amor.

É importante também conhecermos outras frases e pensamentos dessa extraordinária luminar da Terra:

  • “A fé em ação é amor, e amor em ação é trabalho – portanto, o modo de se viver é fruto da fé.”
  • “Não fazemos coisa alguma. É Deus quem faz tudo. Toda a glória deve voltar para Ele. Deus não me convocou para ser bem sucedida. Ele me convocou para ser fiel.”
  • “Meu Deus, Tu, somente Tu. Eu confio em teu chamado, em Tua inspiração. Tu não me desapontarás.”
  • “Cristo é o chefe da família, o ouvinte silencioso em toda conversação, o convidado invisível em todas as refeições.”
  • “Hoje, os pobres sentem fome de pão e arroz, e do amor da palavra viva de Deus. Os pobres estão sedentos de água e paz, verdade e justiça. Os pobres estão desabrigados, necessitados de um abrigo, de um coração feliz que os entenda, os proteja e os ame. Os pobres estão nus: precisam de roupas, de dignidade humana e de compaixão. Estão doentes:necessitam de médicos, de carinho e de um sorriso sincero. Deus cuida dos pobres através de nós.”
  • “Lembro-me uma vez que retirei uma mulher de uma lata de lixo e vi que ela estava morrendo. Levei-a para o convento. Ela repetia as mesmas palavras: ‘Meu filho fez isso comigo’. Nenhuma só vez pronunciou as palavras: ‘Estou faminta’, ‘Estou morrendo’, ‘Estou sofrendo’. Apenas continuava a repetir: ‘Meu filho fez isso comigo’. Levei muito tempo para ajudá-la a dizer, antes de morrer: ‘Eu perdoo meu filho’.”
  • Hoje, o mundo é um ‘calvário aberto’. Os sofrimentos morais e físicos estão em toda parte. A dor e o sofrimento entraram em tua vida, mas lembra-te que a dor, o infortúnio e o sofrimento são beijos de Jesus – sinais de que tens estado tão próximo dele que Ele pode beijar-te.”
  • “Hoje, em ti, Jesus deseja reviver sua total obediência a seu pai. Permite que Ele o faça. Não importa como te sentes, já que Ele se sente bem em ti…”

Madre Teresa fez do amor o objetivo maior da sua vida. Amou a Deus com um amor incomensurável, amou o Cristo intensamente e amou a Humanidade como poucas pessoas conseguiram fazê-lo.

Maria Madalena Naufal

FONTES

“Teresa de Calcutá – Uma mística entre o Oriente e o Ocidente”, de Glória Germani – Edições Paulinas;

“Amar Até Que Doa”- artigo da Revista Mensagens Cósmicas

Anúncios