Quantas vezes desencarnei?

Quantas vezes renasci?

Em quantos mundos eu vivi?

Foram tantos que a conta perdi.

Mas, de uma coisa tenho certeza,

Uma coisa aprendi:

Ganhei muitos tesouros,

Muitos tesouros perdi.

Ganhei também muitos amores,

E muitos amores perdi.

Nas andanças das vidas

Tive a dor por companheira,

Corrigindo os meus erros,

Corrigindo os meus vícios,

Levando-me de volta para Deus.

Uma lição ficou de tudo isso:

Nos encontros e desencontros,

Nas idas e vindas,

Só o meu Espírito foi meu,

Só meu.

(Sônia Aparecida Ferranti Tola)

Anúncios